top of page
  • Foto do escritorTai Editora

Necron 4 - últimos dias de pré-venda no Catarse.

Aproveite os últimos dias de campanha de Necron Volume 4, outro mórbido lançamento da Tai Editora no Catarse, a devassa HQ inédita no Brasil, tal como os planos da Dra. Frieda, está quase batida, com uma meta estendida que mostra que a morte não é o fim (também como alguns planos da Dra. Frieda).

Criação máxima do italiano Magnus, em evidente mostra de inspiração na obra de Mary Shelley e no cinema de sátira dos anos 1970, e aindo no muito que se encontrava no fundo das velhas locadoras, ou seja, se você já leu Frankenstein e, porventura, assistiu pérolas da sétima arte como Malícia e Pecado à Italiana, é possível que entenda como funciona a cabeça de Magnus.


Necron centrasse na compulsão da Dra. Frieda Boher com cadáveres, transtorno que resulta na criação de Necron, praticamente um monstro de Frankenstein/Brinquedo Sexual, que é a própria epitome da depravação, ou seja, feito sob medida para Frieda.


Toda essa saga, com elementos de terror, suspense e ficção científica erótica, é guiada pelos descontroles carnais de Frieda e de sua criatura construída com pedaços cadáveres remendados com doses de bestialidade imoral.


Neste quarto volume, após os eventos vistos em Monstros Mecânicos, Dra. Frieda Boher e Necron se vêem como donos da ilha. Criadora e criatura descobrirão que seu novo domínio é alvo de cobiçosos olhares de outros. Dispostos a manter-se na ilha, a pérfida mestra de Necron tem um plano de defesa, plano que enrubesceria o Dr. Moreau de inveja: As Mulheres Aranhas.


Necron Volume 4: As Mulheres Aranhas, assim como os volumes anteriores, apresenta uma arte em preto e branco que segue com elegância as proporções anatômicas, com personagens realistas, devidamente postos em perspectiva nos cenários belamente detalhados, elementos que fazem de Necron uma leitura leve e dinâmica, cujo formato da edição (13,5 x 19 cm) casa perfeitamente com a grade de dois quadros ou página inteira.


A Tai Editora existe para suprir leitores fatigados pela modorrenta mesmice que sempre assolou o mercado editorial mainstream, trazendo um crescente catálogo que prima pela irreverência, controvérsia de qualidade, ineditismo e, sobretudo, inteligência.



87 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page