top of page
  • Foto do escritorRodrigo Viegas

El Sombra, de Edu Molina, é o lançamento mexicano da Tai!

Atualizado: 7 de nov. de 2023



El Sombra: O Dia do Sacrifício, de Edu Molina, é uma das misturas mais estranhas nos quadrinhos de hoje. Não importa como olhamos para isso, é assim mesmo. Num mundo em que é cada vez mais difícil encontrar verdadeiras raridades, isso é algo que não tem preço e que podemos elogiar com segurança. Edu Molina abre a história como se fosse um quadrinho pulp/noir, e de fato seu protagonista, aquele que chamam de El Sombra, é um detetive de porte clássico e nos é apresentado como tal. Mas é todo o clássico que vamos encontrar nestas páginas. A partir daí é loucura, ficção científica, política, humor irreverente e uma infinidade de elementos que parecem impossíveis de se fundirem em uma única história em quadrinhos. Edu Molina dá uma forma estranha e ousada, na qual literalmente tudo pode ser esperado. Não é uma proposta convencional, claro, e isso nos faz lê-la de sobrancelhas erguidas, esperando algo diferente e recebendo algo totalmente inesperado. Não vale a pena pensar no que parece El Sombra, apenas aproveite sua diferença, que é realmente o que se destaca nesta peculiar história em quadrinhos.


Molina recupera um espírito que de alguma forma parecia perdido. Deixa uma sensação que, dentro da sua raridade, é uma história daquelas que poderíamos ter lido em prestações em uma Heavy Metal, Aventura & Ficção ou Animal, com aquela estrutura um tanto caótica por vocação e, não por engano, aqueles personagens extremos e quase opostos entre si, aquela ficção científica particular com conotações políticas e aqueles cenários impossíveis de classificar. E tudo com esta seleção brutal de citações literárias que nos guiam pelas emoções que a obra tem para gerar. A questão é que nunca sabemos o que vai acontecer a seguir, embora quando chegamos ao final tenhamos a clara sensação de que intuímos algo sobre o que poderia acontecer. E aquele final, um clímax bem preparado e medido, é a conclusão perfeita, lógica e até cínica que merece a abordagem que o autor vem fazendo desde o início. Não é fácil saber se Molina nos conduziu por um caminho simples ou se, de fato, ele nos enganou habilmente, fazendo-nos pensar que foi assim. Quer percebamos ou não, o que ele quer dizer é que nos obrigou a dar outra volta em seu quadrinho, a revisar cada página, cada personagem, cada evento e o cenário como um todo para continuar descrevendo as coisas.


Isso também acontece com o seu desenho. A sensação noir vem da natureza de seu protagonista, mas também de sua primeira sequência, uma introdução magnífica sem diálogos e sem som, e claro de seu poderoso preto e branco, justamente para marcar as formas .e gerar sensações. Com um volume ligeiramente caricatural que, dentro do seu estilo pessoal, por vezes nos lembra ligeiramente o que o grande Alberto Breccia era capaz de fazer, mas com uma presença muito mais suja. O fato é que não há outra forma de entender uma história em que aparecem mariachis, lutadores, detetives e exércitos de elite. É obviamente algo diferente e você pode ver isso quase desde o início. Uma vez que a HQ se apresenta como um amálgama de géneros e intenções, o melhor é deixar-se levar e desfrutar de uma proposta bem diferente, com um nível de risco bastante apreciável pela substância e não pela forma. É, sem dúvida, um daqueles quadrinhos e que não deixa ninguém indiferente.



El Sombra: O Dia do Sacrifício é um quadrinho mexicano criado por um argentino. Radicado no México desde o final da década de 1990, Edu Molina já era um conhecido das historietas desde o seu Animal Urbano, famosa série underground que chegou a rivalizar com Cazador naquela época.



Confirmado pela Tai Editora para sair no Brasil, El Sombra: O Dia do Sacrifício está em pré-venda e seu lançamento está previsto para janeiro de 2024. Se você está afim de ler algo diferente do que tem lido ultimamente, fica a dica.



173 visualizações1 comentário

1 comentario


ASC Group
ASC Group
16 abr

FSSAI registration in India is necessary for any business that deals with food. Food Safety and Standards Authority of India supervises and monitors food business to ensure consumable safety. FSSAI registration can be obtained easily. The registration will help all businesses gain reputation and customer confidence, irrespective of their size. FSSAI registration increases the marketability of foods by demonstrating commitment to quality, and adhering to sanitary standards. The FSSAI registration process is not only legal, but facilitates rapid expansion and accessing a larger client base. In summary, registration with the FSSAI involves more than just a legal requirement.

Me gusta
bottom of page